CLIQUE E OUÇA RADIO CANAL39

sábado, 12 de novembro de 2011

QUEBRA DE REGULAMENTO FAZ A LEBRE ERGUER AS ORELHAS NO MAPA CULTURAL REGIONAL


DETALHE IRRELEVANTE? – A fase Regional do Mapa Cultural Paulista, realizada em Ubatuba (referente à Região de São José dos Campos), reuniu belos trabalhos de Artes Plásticas, inclusive Desenho de Humor, Escultura e Fotografia. No gênero Fotografia, um deslize da organização: os trabalhos deveriam ser apresentados em moldura (paspatur) na cor preta, com margem de 3cm. Todos os concorrentes, menos o selecionado, cumpriram o regulamento.

LEVANTEI “A LEBRE” e um dos julgadores convidados para selecionar os trabalhos destinados à fase Estadual disse que se tratava de um detalhe IRELEVANTE. Como assim, se era item de regulamento passível de desclassificação caso não fosse cumprido?

DEPOIS DE IDAS E VINDAS, conversando com o produtor Regional do Mapa, Ricardo Amaral, o mesmo retirou a etiqueta que identificava a obra representante de São Sebastião, a qual havia sido selecionada pelo trio de avaliação. Muitos outros concorrentes em Fotografia apoiaram esse nosso questionamento.

O FATO foi reportado, também, ao senhor Quincas Cruz, da organização de Ubatuba, o qual confirmou terem vindos os trabalhos de São Sebastião sem o tal de “paspatur”.

AGORA, a decisão compete à coordenadoria da Fundação Abaçaí, responsável pela condução do Mapa Cultural Paulista, por delegação da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. Em todo caso, despachei emails para todos os possíveis envolvidos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário