CLIQUE E OUÇA RADIO CANAL39

terça-feira, 30 de agosto de 2011

PÃO CASEIRO, ADIANTAMENTO, PARTO NORMAL, UNIDOS POR OXALÁ

ADIANTAMENTO – Aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) recebem, no crédito referente ao salário do mês de agosto, o adicional equivalente à metade do 13º Salário deste ano. Terão direito aos exatos 50% quem adquiriu condições do benefício de pensionista ou aposentado até janeiro de 2011. Após esse período, a antecipação será proporcional aos meses de percepção do benefício.
Mais de 24 milhões de pessoas serão favorecidas com esse adiantamento, o qual contempla, em parcela de valor um pouco menor, aos segurados em situação de auxílio-doença.
Pela lei, não têm direito ao 13º salário os benefícios de amparo previdenciário do trabalhador rural, renda mensal vitalícia, amparo assistencial ao idoso e ao deficiente, auxílio suplementar por acidente de trabalho, pensão mensal vitalícia, abono de permanência em serviço, vantagem do servidor aposentado pela autarquia empregadora e salário-família.
Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone 135.
CAMPANHA PELO QUE DEVERIA SER NORMAL – Há alguns anos, quando eu ainda trabalhava na TV Setorial, fiz cobertura de um evento realizado em Guaratinguetá, ocasião em que diversos formadores de opinião, de segmentos diferentes, promoviam a conscientização pelo parto normal, abolindo o recurso do parto cesáreo. Parece que a motivação se estende a outros setores da sociedade e a consciência é coletiva, não só de pessoas da vizinha cidade.
Basta observarmos que o primeiro Centro de Parto Normal (CPN) da Rede Cegonha no Brasil foi inaugurado na última sexta-feira (26), em Salvador (BA). O CPN tem o objetivo de humanizar o momento do nascimento da criança oferecendo, às gestantes, um ambiente com maior privacidade. Os centros contarão com enfermeiros obstétricos e, se necessário, apoio médico. A unidade deverá realizar de 120 a 150 partos por mês, quando estiver em plena capacidade. Atualmente, existem 25 centros de parto normal pelo Brasil, que passarão a ser custeados pelo Ministério da Saúde após formulação do plano de ação da Rede Cegonha regional. O programa Rede Cegonha prevê um conjunto de ações que assegure às mulheres assistência adequada desde o planejamento familiar, a confirmação da gravidez, passando pelo pré-natal e o parto, pós-parto e a atenção ao bebê. A estratégia da Rede Cegonha conta com o orçamento de quase R$ 9,4 bilhões do Ministério da Saúde para investimentos até 2014.

OXALÁ NOS UNIU – É a denominação do evento programado para domingo, dia 27 de novembro, na sede social da Associação de Cabos e Sargentos da Polícia Militar, localizada na Avenida Independência, em Taubaté. Será uma reunião de motivação para a criatividade dos curimbeiros das diversas Casas de Umbanda do Vale do Paraíba. A Curimba (formada pelos Ogans atabaqueiros e puxadores de pontos cantados) é o importante suporte vibracional e rítmico dos rituais da religião.
O 1º Encontro Umbandista “OXALÁ NOS UNIU” será realizado pelas seguintes instituições: Escola de Curimba “Caboclo Girassol” (Taubaté); Templo de Umbanda Caboclo Pena Branca, (Taubaté); Templo Espiritualista Estrela Sagrada e Tenda de Umbanda Pai Ferreira de Aruanda e Caboclo Sete Flechas, todas de Taubaté.

PÃO CASEIRO GOSTOSO E COM ENTREGA EM DOMICÍLIO – Pãezinhos de batata, leite, com temperos, bisnagas com creme, pão integral sem açúcar, pão de torresmo e bolos são artesanalmente fabricados pelo competente mestre padeiro Roberto, que tem longa experiência no ramo. Quem desejar experimentar basta ligar para (12) 9763-6566. Recomendo o pãozinho de leite. Duvido vocês não gostarem!

terça-feira, 23 de agosto de 2011

BIODIVERSIDADE, ÉTICA, BEATLEMANIA, NOIVAS E PRÓSTATA

RECURSOS DA BIODIVERSIDADE CONTRA A LEISHMANIOSE CUTÂNEA – Um novo medicamento, desenvolvido a partir de um fruto brasileiro torna-se uma grande alternativa no tratamento alternativo contra a leischmaniose cutânea. Uma vantagem: não provoca efeitos colaterais.
O medicamento, elaborado por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto, é uma  pomada para cuidar das lesões de pele por causa da doença.
Considerada uma das “doenças esquecidas” pela indústria farmacêutica, a leischmaniose atinge as populações pobres da Ásia, África e América Latina.
Todos os anos, mais de dois milhões de pessoas de 88 países contraem leishmaniose. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a epidemia parasitária está entre as seis maiores da atualidade. A forma cutânea representa mais de 75% dos casos e provoca graves feridas e deformidades na pele e nas cartilagens. São 350 milhões de pessoas expostas ao mosquito transmissor, das quais 12 milhões são brasileiros. 

FALTA DE CONSIDERAÇÃO – Uma amiga procurou internação para sua filha que é dependente química. A jovem, de 19 anos de idade, já tem uma filha e vive momentos de proximidade com o mais baixo nível de sobrevivência no meio das drogas. Obteve, junto à OAB de Pindamonhangaba, a nomeação de um profissional para obter, no Juizado específico, autorização para internação compulsória da moça (quando a família toma a iniciativa, mesmo contra o desejo pessoal do dependente químico). O nomeado disse que iria fazer os procedimentos necessários. Isso, na sexta-feira que passou, dia 19 de agosto. Na segunda-feira, quando foi buscar o documento, ficou sabendo que o advogado nomeado fez viagem para o exterior, sem previsão de retorno. Parece que algum preceito ético profissional foi “levemente” esquecido pelo moço...

ALERTA AOS BEATLEMANÍACOS – Está por acontecer uma bela festa do mais puro rock’n roll da época, na cidade. Aguardem detalhes para os próximos dias. Deverá rolar muita coisa boa dos quatro cabeludos de Liverpool.

FABIANO BUSTAMANTE NÃO DESCANSA – O moço programa, agora, mais um Feira de Noivas, carro chefe de suas grandes realizações. Será em outubro, na vizinha cidade de Taubaté. Vamos estar por lá, para documentar e, depois, contar.

A VIDA POR UM DEDO – Ainda hoje, pleno Século 21, homens na casa dos quarenta anos de idade para cima, vivem o idiota comportamento de não se “entregarem” a um exame de próstata. Se para essa moçada é constrangedor ser tocado pelo dedo de um médico, imagine a esposa ou namorada de um deles ter que explicar  que “morreu porque não quis fazer exame de toque”. A próstata é uma glândula localizada estrategicamente no corpo humano dos indivíduos do sexo masculino, entre o reto e a bexiga. Para ser examinada, precisa ser acessada via anal. Nessa oportunidade o médico urologista tem como ferramenta seu dedo indicador (O folclore dos leigos jura ser o dedo médio...). O especialista examina a textura e o tamanho da glândula. Com isso,  pode determinar o estado de saúde da mesma. Como recursos adicionais, no diagnóstico, podem ser feitos exames de sangue, o PSA e a ultrassonografia transretal que se utiliza de uma aparelho introduzido no reto do paciente. Pesquisadores indicam que o câncer de próstata tem incidência geralmente a partir dos 40 anos de idade e recomendam exames anuais, como forma de controlar o risco. Trocando em miúdos, vale a pena “um dedinho de prosa” com um médico especialista. Afinal, homens que amam suas mulheres precisam, primeiro, amar a própria vida. Para ler mais a respeito: http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?123

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

ACESSIBILIDADE, PIZZA ENROLADA E FRATERNIDADE

QUE SE DANEM OS IDOSOS, CADEIRANTES E PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS - Essa parece ser a frase preferida de um bando de comerciantes que andam copiando "os direitos adquiridos" de um aristocrata boteco instalado na praça Padre Fialho, em Pindamonhangaba. Por conta de uma lei adaptada para atender a "evolução da cidade", bares podem utilizar espaços públicos para a ampliação de sua área de atendimento. Com isso, o espaço lindeiro (definido como tal a mesma metragem frontal à metragem da fachada do comércio, mas calçada do outro lado da rua, pode ser ocupado com mesas e cadeiras. Pela lei, é exigido um "vão" de passagem para pedestres, com 1,50m de largura.
Entretanto, em muitos locais da cidade, por falta de rigorosa fiscalização de posturas, as calçadas são invadidas por mobiliário do bar. Com isso, cadeiras e demais que capitulam esse comentário são obrigados a transitar pela rua, correndo os riscos inerentes ao arriscado convívio junto aos veículos automotores ou, mesmo, bicicletas e skatistas. Sem contar as calçadas, depois da "noitada", ganharem centenas de bitucas de cigarro. Existe uma lei que trata da Acessibilidade, que precisa ser cumprida também

PIZZA ENROLADA - Sem contar o gasto, que deve ser absurdo, com a condução dos trabalhos da CEI que tratava do caso Peixoto/Acert, a vizinha Taubaté foi obrigada a engolir uma verdadeira "Pizza enrolada" com sabor de "arranjo político" e recheada e interesses pessoais. Foram 8 votos pela cassação contra 6 contra o procedimento que poderia guindar ao poder a petista Vera Saba. Como o processo demandava o placar de, pelo menos 10 votos favoráveis à cassação, Peixoto se mantém no cargo e, de contrapeso, deve garantir dona Luciana Flores Peixoto nas ações sociais do munícipio.
Se nesse mato tinha coelho, ele sumiu sem precisar de mágica. Bastou um joguinho de interesses...

FEIRA DA FRATERNIDADE - Amigos e pais da Apae promovem, ainda no próximo final de semana, mais uma Feira da Fraternidade, destinada a angariar fundo para essa incrível entidade que atende pessoas especiais.
Diversos shows foram já realizados, com artistas da cidade.
Infelizmente, no sábado, uma das bandas que se apresentou no evento teve diversos instrumentos levados por assaltantes armados os quais afanaram, até, o carro de um dos músicos. Caso seja procurado por alguém interessado em lhe vender instrumentos musicais, consulte primeiro a Polícia, para saber se não está no rol de coisas roubadas da banda.
Faltou, aí, Fraternidade.

UMA DICA - Para os organizadores da Feira da Fraternidade: é comum muitos artistas procurarem um jeitinho de se apresentarem no palco da Feira. Porém, vale atentar para a complicação que é mais de uma atração por noite, pois há todo um trabalho de preparação do sistema de sonorização, sem contar que as apresentações passam a ser muito curtas, o povo não curte e, de quebra, tem o problema da vizinhança que reclama por causa do "barulho" após as 22h.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

AGENDA VELHA, APOSENTADORIA E SAUDADE

VAMOS MATAR SAUDADE – Por conta de incentivar a cultura popular, mantendo alguns saudosos hábitos de criança, o Departamento de Cultura de Pindamonhangaba realiza, no dia 28 de agosto, uma corrida de carrinhos de rolimãs.
O local escolhido foi a Ladeira do Bosque, ao lado do Museu Histórico e Pedagógico D. Pedro I e Dona Leopoldina.
O evento acontece a partir das 16h.
Particularmente acho muito tarde esse horário, já que as noites ainda chegam rapidamente.
Entretanto, muitos garotos dos seus 60 anos de idade (ou mais) devem comparecer para assistir, incentivar netos ou bisnetos e matar saudades dos tempos quando a gente lanhava joelhos, cotovelos, canelas e outras partes do corpo na disputa de um primeiro lugar no pódio da corrida de rolimãs.
Em Guaratinguetá a tradição da corrida de rolimãs tem o incentivo de uma escola de engenharia e os participantes desenvolvem, inclusive, carrinhos construídos com estrutura tubular.
A emoção, em Guaratinguetá, além da descida em alta velocidade, a pista – se for a mesma até agora- tem o formato de um “S”, o que pode levar muita gente a “dar de cara” com muros das residências existentes no percurso.
Comentei sobre evento na Ladeira do Bosque, com meu vizinho Roberto, e o mesmo “viajou” nas escadas da saudade e até disse que fazia carrinhos de rolimã com sistema de frenagem com alavancas e volante com cordinhas amarradas nas extremidades do eixo dianteiro. “Eita” saudade boa!
O carrinho de rolimã é o irmão mais velho do skate.

PARA QUEM VAI SE APOSENTAR – Uma dica: se o candidato à aposentadoria junto ao INSS tiver todos os documentos necessários, principalmente a Carteira Profissional, como é mais conhecido o documento que contém os registros de tempo de serviço do todo cidadão brasileiro que tem sua profissão regida pela CLT, basta acessar o site da Previdência Social e agendar horário e data para requerer seu benefício. Normalmente, se todos os documentos estiverem “em dia”, o benefício é concedido imediatamente. Com o devido respeito aos profissionais da área, essa dica vale para quem está pensando em procurar um advogado. Agora, para casos que demandem documentos como comprovantes de insalubridade ou periculosidade, que contribuem para um benefício diferenciado, recomendo contar com a orientação de um especialista em leis trabalhistas. Inclusive dos profissionais que atendem em sindicatos de classe. O que não vale é “ir na conversa” dos oportunistas que não têm formação para tal e estão de olho no dinheiro fácil.

PANFLETOS COM ERROS – É de se elogiar o trabalho de alguns empreendedores que, para se manterem, desenvolvem folhetos denominados “Guia de Oportunidades”, “Roteiro dos Bairros”, “Guia de Negócios”, etc. Folhetos, ou panfletos contendo publicidade de comércio e serviços segmentados por bairros ou regiões da cidade. Idéia “bem sacada”, nenhuma novidade, mas que tem custo baixo, para aqueles que consideram publicidade como despesa, em vez de ver essa ação como investimento.
Observei, recentemente, um desses recursos de mídia, impresso em verde sobre branco, contendo diversos erros de redação e digitação. Por falta de revisão. Inclusive a palavra “Administração”, que saiu grafada “Adinistração”.
Para quem anuncia nesses veículos, recomendável é investirem no que servirá como referencia de bons serviços ou produtos. Do contrário, a publicidade será motivo de críticas e o produtor, culpado pela não revisão, ganha “dindin” “no boi”.

AGENDA VELHA – Tenho uma agenda velha e, no rodapé de cada página, consta uma mensagem para reflexão. Uma delas é essa “A melhor maneira de melhorar o padrão de vida está em melhorar o padrão de pensamento”. Vale a pena pensar nisso.

sábado, 6 de agosto de 2011

PUNIÇÕES E EXCELENCIA NO ATENDIMENTO

NOTA PUBLICADA PELA SECOM (SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO DA PRESIDENCIA DA REPÚBLICA: “O governo federal expulsou, no último mês de julho, 98 servidores envolvidos em diversos tipos de irregularidades, principalmente vinculadas à corrupção. O número é recorde quando comparado com as expulsões ocorridas em qualquer outro mês, desde 2003. Outro recorde ocorreu no número de expulsões registradas no período de janeiro a julho (328), em comparação com o mesmo período de qualquer outro ano, a partir de 2003.
O combate à corrupção e à impunidade na administração pública já levou o governo federal a aplicar punições a 3.297 agentes públicos por envolvimento em práticas ilícitas, no período entre janeiro de 2003 e julho de 2011. Os dados constam do último levantamento realizado pela Controladoria-Geral da União (CGU). As demissões somaram exatos 2.812 casos; as destituições de cargos em comissão, 281; e as cassações de aposentadorias, 204.

PARA ATENDER, É PRECISO ENTENDER AS PESSOAS – Às vezes me pergunto as razões de as pessoas, responsáveis pelo atendimento de outras pessoas, serem tão incompreensivas ou se passarem por “nem 'tou aí”. No setor de caixas do supermercado Semar Bonsucesso, em Pindamonhangaba, acontece isso, claro que com ressalvas. Muitas das operadoras não se preocupam em dar o troco de centavos. Arredondam, geralmente e sem nenhum sentimento de culpa, para mais. Na fila de ATENDIMENTO a pessoas rotuladas como preferenciais, outro descaso: quando não têm o troco todo para fornecerem ao cliente (e isso acontece o dia todo), recomendam que o cliente tido como preferencial fique do lado, aguardando as providencias para ter o troco. Questionei isso com uma das operadoras que trabalham nesse caixa. A resposta: “não posso parar a fila”. Reclamei junto a uma das encarregadas. Resposta: “Não vou falar pra ela atender o senhor primeiro. E o senhor pode ficar à vontade para tomar suas providencias”.
Então, segundo a suposta política de atendimento do Semar, o grande lance é não deixar a fila parar e, sim, fazer o cliente esperar do lado. Se não tiver troco para o próximo, ele também ficará “de ladinho, esperando”. Risco de começar a se formar outra fila.
Para motivar a rede Semar a treinar melhor seus atendentes, peço licença ao Bradesco para postar um vídeo breve, marcante e que é uma verdadeira aula sobre ATENDIMENTO.



sexta-feira, 5 de agosto de 2011

MOTOFRETE, ESPECULAÇÕES, DIREITO DO CONSUMIDOR E SUGESTÕES

MOTOFRETE E MOTOTÁXI DEVEM ATENDER REGULAMENTAÇÃO DO CTB – A contar de 04 de agosto de 2011, e num prazo máximo de um ano, motociclistas e seus veículos deverão estar completamente adequados ao artigo 139-A do CTB – Código de Transito Brasileiro, que aborda requisitos mínimos de segurança para condutores e veículos.
Para o transporte remunerado de mercadorias, o chamado "moto frete", deverá ser expedida autorização por órgão ou entidade executiva de trânsito, nos estados e Distrito Federal. Para tanto, o veículo deverá estar registrado na categoria de aluguel, ter instalado protetor de motor “mata-cachorro” e o aparador de linha “corta pipa”, (antena).
O veículo ainda deverá ter dispositivo de cargas regulamentado pelo Contran e passar por vistorias semestrais.
O transporte de garrafões de água e botijões de gás de cozinha só poderá ser feito desde que a motocicleta tenha instalado o conjunto denominado “sidecar” (carrinho lateral), também conforme determina o Contran.

TINTAS TÊM PRAZO DE VALIDADE – Comprei, em uma conhecida loja de tintas de Pindamonhangaba, dois baldes de tinta vinil acrílica cujo preço era promocional. Ao entregarem o produto, em minha residência, verifiquei que um dos baldes continha etiqueta identificando o prazo de validade do produto: 02/2010. Entrei em contato com o fornecedor e o mesmo, via telefone, disse que “as tintas não são como alimentos. Podem ser usadas muito tempo depois do vencimento”. Argumentei sobre essa inverdade e o mesmo se prontificou em efetuar a troca. Troca feita, por produto dentro da validade, o dono do estabelecimento retornou com o balde vencido à pilha de tintas postas à venda. Nessa pilha de baldes, produtos vencidos em 2006 e 2007. Será que isso tem o benefício da “lei de Gerson”?

ESPECULAÇÕES – Os “manobristas políticos” de plantão já deram a largada para as especulações a respeito das eleições municipais. Em Pindamonhangaba, por exemplo, desfiam uma lista de virtuais candidatos ao cargo máximo do poder Executivo. De início, um médico, um diretor de escola, a senhora vice-prefeita, um veterano "atleta" político do partido do governador. Consta, até, outra representante do sexo feminino e um “Sky surfer” passearem pelas opiniões dos “especialistas”. A tradição de uma velada pesquisa para escola de informática já acontece na cidade. Dela, podem ser extraídos endereços para o mailing de um incansável oponente do atual prefeito. Um dos itens da pesquisa: “o que você acha do sistema de transporte coletivo da cidade?”.

SUGESTÃO – Quem avalia as fotos do palco utilizado para sediar o Festival de Música Sertaneja, promovido pelo Departamento de Cultura de Pindamonhangaba, verifica que o mesmo poderia ter alguma identificação visual do evento, em vez daquela lona preta que complicava, até, a vida dos fotógrafos. Sugeri ao prefeito João Ribeiro a elaboração de um “banner” contendo a marca de sua administração e alguma inscrição a respeito do departamento responsável pelo evento. Comentei, também, com a diretora de Cultura, Nilza Mayer. Em Jacareí, por exemplo, o festival sertanejo tem fundo de palco decorado com um painel contendo a ilustração de dois violões ou violas...

DICA DE ATRAÇÃO – Para diretores de clubes, empresas e festeiros em geral. No estilo sertanejo e country sugiro a Banda Faroeste, que tem como líderes o casal Priscila e Luizinho Gaúcho. A moça sabe dar o recado, cantando e animando a galera. Luizinho faz o mesmo e, ainda, detona com sua sanfona Roland e seu teclado digital.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

SOBRE RÁDIO E FESTIVAIS

FIALHO DA METROPOLITANA – Costumamos, eu e minha mulher, deixar o rádio de cabeceira ligado, durante a noite, sintonizado na Metropolitana FM (101,9).
A partir de uma da manhã, o comunicador Altair Fialho faz uma verdadeira “reunião de amigos”, tendo a tecnologia do rádio moderno a serviço de todos.
A “praia” de Fialho é promover a interação entre ou ouvintes que formam o público da madrugada: quem gosta de ouvir rádio o tempo todo, quem trabalha ou trabalhou em rádio, vigias, motoristas, plantonistas, solitários, solidários, insones e sonhadores.
O moço propõe temas interessantes, os quais são abordados e discutidos via telefone ou email, com os fiéis ouvintes, os quais já se acostumaram com a maneira educada do comunicador.
Recentemente Altair atendeu ao telefone de uma jovem de nome Thaís, cujo modo de falar e total descontração impressionaram o comunicador. Thaís falou, inclusive, de um irmão dependente químico ao qual dedicava especial atenção, apesar de o mesmo preferir morar na rua. Uma conversa que durou muitos minutos, emocionando os ouvintes e mantida em altíssimo nível de respeito e compreensão por parte do dono do horário.
Profissionalismo e vivencia em rádio.
Aliás, em uma reunião da qual participei, coordenada pelo diretor da Metropolitana, o Silvio Sanzone afirmou que havia trazido Altair Fialho para dar vida às madrugadas do rádio na região.
Acertou na mosca.

AINDA A METROPOLITANA - Na madrugada/manhã de hoje (02/ago/11), Sanzone comentou sobre a homenagem a ele prestada como diretor do Sistema Metropolitana de Rádio e TV, pela comemoração dos 50 anos de excelentes serviços prestados à cidadania. Silvio recebeu a medalha “Nove de Julho” de Honra ao Mérito.
Sanzone é daqueles “caras” que “entendem do riscado” por herança e por contaminação. Afinal, quem é picado pelo “bichinho do rádio” jamais tem cura, felizmente.
Até eu estou nesse perfil.
Respeito, simplicidade e dinâmica são componentes do retrato de Sanzone para quem desejar conhecer um administrador de sucesso.

WALTER LEME DE OLHO NO CARNAVAL – O jornalista e empresário do ramo de sonorização Walter Leme, que recentemente resgatou o Festival de Marchinhas de Pindamonhangaba, já tem foco em alguns importantes nomes de empresas interessadas em apoiar a realização da quinta edição do evento que ficou, por 30 anos, morando nos sonhos de realização do jornalista.
Em 2011 aconteceu o resgate do evento, totalmente custeado por Walter e com a parceria, na cessão do espaço, da A.A. Ferroviária.
Os compositores interessados já podem ir preparando suas marchinhas, pois daqui a pouco já estará no ar o regulamento do Festival.

POR FALAR EM FESTIVAL – Luiz Carlos Cardoso foi o apresentador do Festival de Música Sertaneja que leva seu nome. Desde a sua criação, esse festival sertanejo já teve 44 edições, vindo a ser oficializado pela Prefeitura de Pindamonhangaba há 10 anos. Cardosão fez questão de destacar esse detalhe, o que foi reforçado pela diretora de Cultura, Nilza Mayer.
O prefeito João Ribeiro compareceu ao encerramento do Festival e entregou os troféus aos primeiros colocados nas três categorias participantes: Individual - Teddy Berrante (Tremembé); Jovem música sertaneja - Montbell e Daniel (Pindamonhangaba); Música Raiz - João Moreno e Silvinho (Pindamonhangaba).
Os demais resultados: Individual - 2º lugar – Bruna; 3º lugar - Elimar Santos; Jovem música sertaneja - 2º lugar – Heron e Heitor; 3º lugar – Marcela e Maristela; Música Raiz; 2º lugar -Leonel e Ismael; 3º lugar – Floriano e Peixoto.