CLIQUE E OUÇA RADIO CANAL39

sábado, 31 de dezembro de 2011

SOBRE O TEMPO (NOSSA MENSAGEM)

MUITA GENTE, NESTE ULTIMO DIA DO ANO E/OU NESTE PRIMEIRO DO ANO NOVO, tem se perguntado o que sobrou ou o quanto será de bom essa nova porção de Tempo.
Todo tempo é tempo de ter tempo de não deter o tempo.
O tempo, ou qualquer aparente fração dele, faz parte do nosso tempo.
Nesse tempo de parar para pensar ou parar de pensar, vale dedicarmos tempo bom para termos tempo de não mais contemporizarmos sobre as coisas carentes de melhor tempo de nossa parte.
Por isso, aproveito esse lapso temporal para desejar, a todos quantos dão um pouco de seu tempo para lerem meus escritos, os mais sinceros votos de FELIZ TEMPO NOVO.

QUE HAJA TEMPO para nós, individualmente.
Assim, teremos mais saúde para dedicarmos mais tempo às pessoas e coisas de nossas relações.

O SENHOR TEMPO há de guiar a todos, pelos caminhos de plena segurança, reais conquistas e estupendo sucesso.

A PAZ DE OXALÁ abrace todos os lares e pessoas de fé.

FELIZ 2012, com muita Paz e Bem.
Votos meus e de minha esposa Edna Maria.

sábado, 24 de dezembro de 2011

TRES HISTÓRIAS DE NATAL

PRIMEIRA:
MEU AMIGO WILSON costumava amedrontar, para obter obediência do filho Vitor, com a possibilidade de o mesmo ser levado embora de casa “pelo homem do saco”.

O GAROTINHO, de seus seis anos de idade, contrariado obedecia ao que lhe era dito.

A MODA DO HOMEM DO SACO “pegou” e o menino obedecia maravilhosamente bem, apesar de contrariado.

PARA FAZER MÉDIA COM O GAROTO, Wilson contratou Moacir, um sujeito enorme que se vestia de Papai Noel e fazia entrega de presentes nas casas onde as famílias o contratavam.

QUASE DEZ DA NOITE, dia 24 de Dezembro, três batidas na porta da frente. Wilson pede para Vitor atender. “Não é o homem do saco, papai?”. O pai respondeu que não, que poderia ser alguém da família.

VITOR OBEDECEU ao pedido do pai e correu para atender quem batia à porta.

DEU UM BAITA GRITO, ficou mais branco do que era e só teve tempo de dizer: “O Homem do Saco!”. Caiu sentado, estupefato, em pânico.

PAPAI NOEL nada entendeu, papai Wilson ficou mais assustado. Havia se esquecido de que o homem do saco, de presentes, viria até sua casa...

SEGUNDA:
PAPAI NOEL ANDAVA MEIO DISTRAÍDO. Parou seu Fiat Uno Trenó ao lado do posto de combustíveis e pediu para usar o mictório.

DEPOIS DE PLENAMENTE ALIVIADO, lavou as mãos (como recomendava o cartaz acima do espelho da pia) e deixou o sanitário.

TOMOU ASSENTO NUMA das mesas da conveniência e iniciou um lero na cabeça de uma das garotas que estavam próximas.

AS CHAVES DO CARRO estavam no contato e alguém menos honesto pegou carona na possibilidade e grampeou o trenó automotivo.

QUANDO NOEL LERDO se deu conta, eram passados 30 minutos de sua permanência breve no local. Procurou o carro e nada. “Saco! Meu carro! Meu saco! ‘Tá cheio de brinquedos!”...

A GALERA DAS OUTRAS MESAS começou a dar risadas, enquanto o homem de vermelho, branco e preto se estrebuchava de chorar e praguejar, dando murros na mesinha. Uma garota aproveitou-se para ainda “tirar uma” na cara do falso velhinho. “Tanto papo furado para dizer que tem um saco de brinquedo”...

TERCEIRA:
AS LOJAS DA 25 DE MARÇO, EM SÃO PAULO, começavam a cerrar suas portas. Uma mulher sai de uma delas, com um bebe no colo, chamando por “João”...

JOÃO EMERGE DE UMA PILHA DE CAIXAS DE PAPELÃO, no outro lado da rua, alcança a mãe e esta lhe entrega um pedaço de pastel, sem recheio, que havia ganhado de uma jovem que passava pela calçada.

JOÃO MENINO abocanhou o pastel vazio, lambeu os beiços e os dedos. Feliz, no dia de Natal, mesmo sabendo que as latinhas de refrigerantes que estavam na sua sacola só estavam vazias, amassadas.

PARA ELE E A MÃE já era mais um Natal que se passava na rotina daqueles que não podem rechear seus sonhos com o alimento da esperança. Simplesmente por serem valorizados, pelos demais seres humanos, como párias da sociedade de consumo.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

COELHOS NA MOITA, DENÚNCIA, AGORA VERÃO, PAGODEANDO, RAPAZ NOEL E SÃO SILVESTRE


MESES ATRÁS, encontrei-me – no saguão da Prefeitura Municipal – com o Biro-Biro, nome artístico do Eduardo Costa, que atua no segmento da comunicação.

NUM PAPO DESCONTRAÍDO, Biro comentava que “a bola da vez” na política local, para prefeito, era o Paulo Sérgio Torino.

COMENTEI SER MUITO PREMATURA essa posição, visto não ter acontecido, ainda, nenhuma convenção do partido. Mas percebi o entusiasmo do ex-vereador.

AGORA, PARA MINHA SURPRESA, o Eduardo Biro-Biro Costa está atuando profissionalmente na Rádio Princesa FM, (a 107,1), vinculada à Fundação Bom Jesus de Rádio e Televisão, do ex-prefeito e pré candidato nas próximas eleições Vito Ardito.

SERÁ QUE A FICHA DO BIRO caiu ou tem mais coelho atrás dessa moita?

AFINAL, já circulam rumores de uma nova mulher na política local, com olhos sobre a cadeira do Executivo, além de Myriam Alckmin. Sem contar o doutor Isael Domingues.

EITA DONA POLÍTICA que mexe com os neurônios (em alguns casos, leia-se “bolsos”) da galera!

DENÚNCIA: A loja Cães & Cia., que incorpora a Cowboy & Cia., realizava banhos em cães utilizando espaço público (calçada), despejando águas servidas (inclusive com a urina dos animais), na rede de águas pluviais.

SEM CONTARMOS que não há o cuidado de se colocar focinheiras nos animais e, ainda, em prejuízo dos pedestres, que são forçados a caminhar pelo leito carroçável, correndo o risco de atropelamento.

REPORTEI O FATO AO DIRETOR DA VISA (VIGILANCIA SANITÁRIA) Adriano José Brum, o qual disse não ser da alçada de seu departamento, mas que iria contribuir para a solução, encaminhando aos canais competentes. Cópia para diversos, inclusive Jotinha (Sabesp) e Paulinho Gaúcho (Ouvidoria Municipal).

AGORA VOCÊS: VERÃO! Boas praias, piscinas, Ribeirão. Sem exageros! Quem beber não leva o carro, que levar o carro, não bebe. Feijoada? Dobradinha? Caldinho de Feijão? Só no inverno.

PROTETOR SOLAR, muita hidratação oral, roupas leves, se possível confeccionadas em algodão.

MAIONESE só a feita em casa. Do contrário, o risco de uma intoxicação é viável.

VAI PAGODEAR COM OS AMIGOS? Respeito o conforto e o descanso daqueles que têm compromissos no outro dia. Afinal, não é o grito e o volume alto que fazem os bons artistas...

FICO SÓ IMAGINANDO os caras que se vestem de Papai Noel, com esse calor... Um amigo disse que iria inventar o Rapaz Noel, de bermuda surf, camiseta regata, chinelo tipo “havaianas”, boné “new era” e uma carreta para levar os presentes, em vez de levar o saco nas costas, (sem trocadilho).

PARA ENCERRAR: a largada da verdadeira São Silvestre para os brasileiros acontece a partir do dia 05 de janeiro, quando a galera voa para os bancos, tentando negociar prazos e parcelar os débitos do cheque especial ou do cartão de crédito...

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

FESTIVAL OFICIALIZADO, A ARTE DE PEGAR CARONA NO TREM DA HISTÓRIA E APERTO NO CALENDÁRIO

OS VEREADORES DE PINDAMONHANGABA, na última sessão ordinária de 2011, aprovaram por unanimidade o projeto do Executivo que oficializava o Festival de Música Carnavalesca de Pindamonhangaba - Marchinha.

O PROJETO, fundamentado em material entregue à secretária de Educação, professora Bárbara Zenita França de Macedo, estabelece procedimentos básicos para a realização do evento, resgatado das barras do passado pelo empresário Walter Leme, ao qual emprestei minha colaboração na realização da edição de 2011, totalmente às expensas do Leme.

NOTA-SE A SEDE DE QUERER SER, FAZER E APARECER DO VEREADOR ALEXANDRE FARIA: o projeto, aprovado por unanimidade, teve JUSTIFICATIVA DE VOTO do referido edil.

UM JEITINHO DE PEGAR CARONA NO TREM DA HISTÓRIA E JÁ QUERER "SENTAR NA JANELA", esse comportamento do Alexandre Faria. Se o projeto do prefeito João Ribeiro foi aprovado por unanimidade, dispensava qualquer justificativa, pois a aprovação é o melhor aval a qualquer projeto considerado viável. Justificar voto é um argumento que, no caso, seria utilizado para não ficar "de mal" com a maioria, se seu voto fosse contrário.

AGORA, COM A APROVAÇÃO, é preciso correr contra o tempo, pois nessa de se fechar o ano, alguns dias serão infrutíferos para quaisquer ações em prol do Festival de Marchinhas.

CONSIDERANDO O CALENDÁRIO DE 2012, em cujo consta o Carnaval a partir de 17 de fevereiro, menos de 30 dias corridos seriam utilizados para a concretização do evento, desde seu lançamento até noite de finalíssima.

VAMOS TORCER PARA QUE TUDO DÊ CERTO.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

DOURARAM A PÍLULA E SOBROU O FEL PARA OS SANTISTAS

CRONICA DA MORTE ANUNCIADA, para alguns, a derrota do Santos F.C. diante o “rollo” espanhol foi, só, a consolidação do que anunciava o treinador do Barcelona. Em coletiva à imprensa, Pepe Guardiola comentou que o melhor esquema para marcar Neymar era não deixar a bola chegar até o craque santista.

MURICY NÃO ENTENDEU O RECADO E PARECE TER FOCADO sua tática de jogo na dupla PH Ganso e Neymar Jr. Dourou demais as pílulas e deu no que deu.  A personagem Sósia, de Moliére, no terceiro ato da peça Anfitrião destaca a utilidade de dourar as pílulas, servindo-se de metáforas para explicar que – de algum modo – algo indesejado possa surtir resultados positivos.

UMA EQUIPE QUE NÃO SABIA para onde correr, na tentativa de pegar a bola. Se o Brasil era o país de Garrincha, Pelé, Zico, Falcão, Tostão, dentre outros, deixou de assim ser por conta do verdadeiro trabalho de conclusão de curso dos acadêmicos do Barça.

É BEM ISSO: um trabalho de conclusão de curso, daqueles que muitos jovens desenvolvem durante o ano para fecharem seus estudos acadêmicos. Fundamentado em pesquisa, desenvolvimento de projeto, ensaios e erros e finalização em altíssimo estilo.

PARA OS PEIXEIROS, o consolo de terem “levado uma surra” de gente grande e experiente. Pareciam garotos chegados ao primeiro dia de aula, onde ninguém conhecia ninguém e, por isso, nada parecia muito fácil, como não o foi.

SABEM POR QUE DANIEL ALVES QUASE NÃO ACERTA NA SELEÇÃO BRASILEIRA? Simplesmente por ter um técnico (Mano Menezes) que ainda estuda na cartilha dos antepassados. No time do Barcelona cumpriu seu papel de fazer o lado direito do campo ser, também, um viável caminho para a vitória.

ALIÁS, SE NINGUÉM BOTAR A BOCA NO TROMBONE, tirar o bloco dos acomodados da rua e botar todo mundo numa verdadeira escolinha de futebol, a próxima Copa do Mundo pode ser uma pá de cal sobre as esperanças do HEXA.

ENQUANTO OS TORCEDORES APENAS TORCEREM CONTRA, ninguém vai ter respostas favoráveis para a nossa reeducação no futebol. Está na hora de parar de pagar ingressos para ver disputas entre os times brasileiros, pois a hegemonia e a melhor técnica e tática estão para depois do Atlântico.

MAIS VALE PAGAR A ASSINATURA DE UM CANAL DE TELEVISÃO para assistirmos espetaculares disputas, nas quais o famoso “cai, cai” brasileiro já não tem vez há muitos anos. A própria arbitragem européia já está muito mais avançada em seus conceitos de gerir uma partida.

É ASSIM: vamos tomar o fel da derrota, sem pílulas douradas, e entender que o amargo existe para aprendermos merecer o mel.





sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

ANDRÉ RIEU E ORQUESTRA NO BRASIL!

O INCOMPARÁVEL MAESTRO ANDRÉ RIEU E A MAGNÍFICA JOHANN STRAUSS ORKEST desembarcam no Brasil, em 2012, para 3 únicas apresentações em São Paulo..

O MEGAESPETÁCULO DE RIEU acontece no Ginásio do Ibirapuera, dias 31 de maio, 01 e 02 de junho próximos.

O ELENCO DE ANDRÉ RIEU TRAZ A TALENTOSA BRASILEIRA CARMEM MONARCHA, cujos sonhos de sucesso não foram abandonados em qualquer canto e, por conta de seu canto, encantou Rieu, que a chamou para ser uma das solistas de sua Orquestra.

NO SITE OFICIAL, mais detalhes dessa tourné da incrível Orquestra de André Rieu.

POR ENQUANTO, um belo aperitivo, numa homenagem a outro talentoso, já saudoso: "The Earth Song", tributo a Michael Jackson, com destaque para a brasileira Carmem Monarcha.

APRECIEM! Com a ajuda de Oxalá, eu e minha mulher estaremos lá...




quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

POUPATEMPO, PIZZA DE HORA EM HORA, IRMÃOS INTERNACIONAIS


MEUS CUMPRIMENTOS À EQUIPE DO POUPATEMPO TAUBATÉ, instalado no complexo Shibata. Precisei renovar minha CNH (leia-se carteira de motorista) e fui extremamente bem atendido em todos os setores pelos quais passei. Citar nomes seria mera particularidade, visto o grande valor do contexto. Profissionalismo, ética, respeito ao cidadão. Valores praticados, ali, sem o mínimo esforço.

EM BRASÍLIA, ONDE PIZZA É PRATO DA HORA E NÃO DO DIA, mais um projeto aprovado pelos nobres deputados federais. Aprovação simbólica para o projeto que proíbe os pais, ou responsáveis por menores, de lhes aplicarem palmadas ou castigos físico. Será que eles conseguiriam desenvolver algum projeto que coibisse a violência de filhos contra os pais e de alunos contra professores? Já que acham ser apenas um caso de “sistema educacional”...

NOS ÁUREOS TEMPOS DO BOXE, década de Cassius Marcellus Clay e outros monstros do quadrilátero da nobre arte, Don King era o empresário mais bem sucedido. Todas as lutas por ele promovidas eram transmitidas para quase todos os recantos do mundo. Numa dessas transmissões, antes do início de cada round de luta, a câmera que fazia a panorâmica dos ginásio ou “stadiums” fazia zoom out (uma verdadeira chicotada) de um logotipo fixado num dos corners do quadrado de luta.

BUSQUEI ATENTAR MAIS PARA ESSE DETALHE E PERCEBI que o logotipo era idêntico ao da Drogalar, conceituada empresa do comércio de medicamentos em Pindamonhangaba. Hoje é administrada por Mauro Castro Fanta e sua equipe. Antes de estar onde está, funcionava nas proximidades de onde hoje é a loja Ponto Frio.

PESQUISEI, HÁ TEMPOS, NA INTERNET, e achei o Leão da Drogalar. Na verdade, deve ser um caso de “separados ao nascer” ou o pai desses tipinhos andou batendo pernas pelo mundo do comércio. Reproduzo, abaixo, os três logotipos irmãos: o azul é do grupo Harris Direct, especializado em seguros; o vermelho é do Banco Harris; o terceiro é o irmão brasileiro dos outros dois, da Drogalar.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

SOBRE DESUNIÃO, PUXÃO DE ORELHAS, CARGOS E FUNÇÕES, COISAS MODERNAS, PROGRAMA PERFIL, CARROS DE SOM, FUNK E FESTAS.


“OS POLICIAIS SÃO DESUNIDOS e não têm força junto ao governo do Estado”, segundo o vereador Abdala Salomão Neto, em pronunciamento feito durante a 44ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Pindamonhangaba. O vereador se manifestava a respeito do projeto do Executivo, apresentado “a toque de caixa” para discussão e aprovação do Legislativo. Tal projeto abordava a proposta de reenquadramento de cargos e funções da Administração Municipal.

ABDALA DEU UM PUXÃO DE ORELHAS, com essa fala, nos Guardas Municipais, os quais não foram contemplados pelo projeto do prefeito João Ribeiro. Um pouco infeliz o pronunciamento de Salomão, visto que um dos guardas municipais presentes à sessão destacou que a classe não é desunida, apenas os turnos de trabalho são diferenciados e não houve a possibilidade de todos estarem juntos para acompanharem a referida sessão do Legislativo.

JÁ O DR. MARCOS AURÉLIO, comentando o mesmo projeto, disse que há disparidades – sim – nos cargos e funções. “Logo no início do primeiro mandato do prefeito João Ribeiro, uma empresa dirigida pelo senhor Luiz Carlos José, que foi funcionário da Alcan, apresentou uma proposta para reestruturação das funções e cargos municipais. Tal projeto nunca foi aplicado”, disse o vereador, recomendando a contratação de uma empresa especializada em política de cargos, funções e salários.

MODERNIDADE E MODERNIZAÇÃO podem ajudar muito, desde que trabalhadas por profissionais especializados e não meros apreciadores da aventura de saltar de pára quedas em seara desconhecida. Se um aventureiro mergulhar nesse campo de rever cargos, funções e salários, pode fazer um verdadeiro estrago na administração. Pior do que uma “bike bomba”, já em moda no Oriente Médio.

MARCELO SANTOS, do programa Perfil (Princesa FM), curte férias. Em seu lugar, o Astério Galvão. Estilos diferentes, para um programa de informação. Recomendo cuidar mais da “play list”, para o programa não enfiar o pé na lama brega.

ASTÉRIO GALVÃO entrevistou o Geraldo Carneiro, proprietário da empresa Gera Som de publicidade volante. Carneiro disse que um grupo, denominado Núcleo de Publicidade Volante, pleiteia a adoção de zonas de silencio, no centro da cidade. Nestes locais os carros deveriam não veicular publicidade pelos autofalantes ou utilizarem volume mínimo.

SEGUNDO O GERALDO CARNEIRO, essa zona de silencio seria informada somente aos membros do tal núcleo. Bobagem, pois o que ficar determinado passará a ser prática obrigatória para todos, desde que todos sejam informados. Parece mais picuinha de criança grande, querendo bater no (s) concorrente (s).

MELHOR SERIA TODOS ENTENDEREM O DIREITO DE VENDER e o direito de comprar, com o apoio de recursos de publicidade e propaganda capazes de não promoverem o desconforto dos consumidores, aparentemente o principal alvo dos carros de som.

ALGUNS PROFISSIONAIS CITADOS PELO GERALDO CARNEIRO, como componentes do tal Núcleo, são os primeiros a “socarem a bucha” no volume dos alto falantes, circulando pelas ruas do centro e dos bairros.

UMA DICA PARA O EDUARDO, DO ECAD: será que essa galera da publicidade volante recolhe as taxas pelo uso de músicas comerciais? Afinal, os grandes sucessos de muitos cantores são trilha de propaganda, nos carros de som... Enquanto isso, a criatividade para produção de jingles personalizados fica em último plano...

UM ESFORÇADO TRABALHADOR NESSA PRAIA de publicidade volante é o meu amigo MC BÉRRO (o Edelson E.T.) da Bike Show. Ele verdadeiramente sua a camisa em defesa do pão de cada dia, pedalando sua bicicleta pelas ruas do Araretama ou de qualquer parte da cidade onde for escalado para trabalhar.

MC BÉRRO, INCLUSIVE, tem sido frequentemente fotografado em seus shows de funk, ao lado do parceiro Leandrinho. Geralmente se apresentam no Taubaté Funk. Sucesso, brother!

EM SE FALANDO DE FUNK, a moçada que freqüentava o Sítio 4 Milhas perdeu um espaço muito bom para as baladas de final de semana. Agora o Donizete Neneca anuncia o Espaço 4 Milhas, para festas de casamento, eventos em geral. Um belo espaço comercialmente viável.

PARA O SUCESSO DE QUALQUER EVENTO, quando há comes e bebes, é o atendimento dos serviços de Buffet. Respeitando a todos os daqui da cidade, recomendo os serviços altamente capacitados do Requinte Buffet, de Guaratinguetá, dos meus amigos Moisés e Ademir. Basta procurar no Orkut por Requinte Buffet. Boa festa! 

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

SOBRE O FESTIVAL DE MARCHINHAS, VERDURAMA, UM LIVRO, DIABETES E CEDLAB, SANTOS DE CASA E POLÍTICA


PRECISO DAR UMA SATISFAÇÃO àquelas pessoas que continuam aguardando os detalhes a respeito do V Festival de Música Carnavalesca de Pindamonhangaba – Marchinha.

É O SEGUINTE: a reunião com a secretária de Educação e Cultura, professora Bárbara Zenita França de Macedo aconteceu, realmente. Walter leme e eu estivemos no gabinete da secretária e deixamos com ela o regulamento e a idéia para os troféus, bem como outros detalhes.

AGORA SÓ FALTA outra reunião para definição de responsabilidades e “botar o bloco na rua”. Acredito que tudo só rola lá pelos dias de janeiro, já que a empolgação com a chegada do Papai Noel está assoberbando a todos do Departamento de Cultura, apesar de haver um time contratado para desenvolver as ações natalinas.

O FESTIVAL DE MARCHINHAS homenageará o exímio artesão Alarico Corrêa Leite, verdadeiro precursor dos bonecões em nossa cidade. “Seu” Alarico alegrou muitos carnavais, com suas verdadeiras obras de arte em moldes de barro, estrutura de papel de sacos de cimento e cola de trigo.

INFELIZMENTE essas esculturas gigantes se perderam, por ação do tempo e dos bichinhos que atacam o trigo usado para se fazer cola. Entretanto, vamos tentar descolar algumas fotos da época, para ilustrar as próximas postagens e, também, o cenário do palco onde deverá rolar o V Festival.

O CASO VERDURAMA anda atormentando muita gente e já compõe a Cesta de Natal montada pelos vereadores que aprovaram a instalação da Comissão Processante. Muita gente está se preocupando com esse pepino, outros tentam descascar o abacaxi. Mais um tanto está dando uma banana para tudo, nem se lixando com o que pode surgir de resultado.

TOMATES podem ser o fruto da época, caso tudo termine em pizza. Mas, como são noventa dias para conclusão dos trabalhos da Comissão Processante, essa pizza deve chegar com cara de Verão 2012, “mezzo a mezzo”, com todo mundo achando que fez bom negócio de um lado ou de outro.

COM A CHEGADA DE 2012, algumas anônimas figuras da cidade se perguntam quando será inaugurado o rebaixamento da linha férrea. Os proprietários de imóveis localizados ao longo do trecho utilizado para rebaixamento estão felizes com o valor pago pelas indenizações por conta das desapropriações. A praça construída sobre a antiga estação ficou uma beleza e o planejamento viário é verdadeiro “show de bola”. Ah, esqueci de dizer que isso é trecho de um livro que deverei escrever, se tudo acontecer em alguma parte do país...

CUMPRIMENTOS DE RESPEITO E APLAUSO, MESMO, ao pessoal do Laboratório CEDLAB. Essa turma desenvolve um belo trabalho de identificação de pessoas portadoras do diabetes e as orienta, por meio de grupos. Nesses grupos, dicas de boa alimentação e muito mais, com o apoio de profissionais da área da saúde. Para saber muito mais: http://www.laboratoriocedlab.com.br/prog_Diabetes.php .

DESTAQUE, TAMBÉM, para o radialista e jornalista Marcelo Santos, que abre um baita espaço em seu programa Perfil (Rádio Princesa FM, 107,9) para entrevistas com a doutora Alexandra Manfredini Ribeiro. Papo descontraído, orientações claras e objetivas.

A MULTI BAND SHOW, de Pindamonhangaba, dar o ar de sua capacidade em três importantes eventos. Serão formaturas universitárias na vizinha cidade de Taubaté. Duas noites no Buffet Jóia (antiga Hífen) e uma noite no salão social do Esporte Clube Taubaté. Enquanto isso, no dia 17, a Ferroviária traz a banda Star Show, do Will, que era baterista do Biriba Boys. Banda de Pinda tocando Taubaté e banda de Taubaté tocando em Pinda. Seria uma questão de cachê ou discriminação pelo “santo de casa”?

VITO ARDITO POSTOU, NO ORKUT, um punhado de fotos de seu acervo. Algumas históricas, como o Dr. Isael ainda no PMDB, tal como o Abdala Salomão. Depois, a coisa se descompactou e ambos se mandaram do partido tucano.

POR FALAR EM TUCANO, espero que o governador Alckmin não meta o bico no direito de os proprietários de motocicletas darem carona. Um projeto aprovado na Assembléia Legislativa proíbe caronas em motos, por medida de segurança. Será que acabariam os crimes violentos, assaltos, etc, só com essa medida? 

SERÁ QUE OS FABRICANTES DE MOTOCICLETAS perderam terreno para os lobistas contrários ao uso de motos com dois lugares ou essa é mais uma jogada dos legisladores, ou seus assessores, para um faturamento extra (leia-se "gratificação") vindo dos cofres das indústrias de motos? 

JÁ TRABALHEI EM CÂMARA DE VEREADORES e pude conhecer um pouco dos "bastidores". Ih, nem lhes conto... Em Campos do Jordão o lobby come largado... Áreas de Preservação Permanente são um belo mote para negociações...

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

ESTARIAM OS VEREADORES DE PINDAMONHANGABA USANDO A PANÇA PARA VIRAR O ANO?


TODOS OS VEREADORES DE PINDAMONHANGABA, sem exceção, foram convidados a ler uma postagem deste blog onde consta a situação do uso indevido de espaços públicos por proprietários de bares da cidade. Nenhuma manifestação de retorno.

ESSES MESMOS VEREADORES DE PINDAMONHANGABA também foram convidados a ler outra postagem, a respeito da “VENDA CASADA” praticada pelos bilheteiros da Pássaro Marrom, em nossa cidade. Os referidos vendem o SEGURO OPCIONAL sem informar ao usuário das linhas de ônibus que se trata de um contrato facultativo, já que o seguro OBRIGATÓRIO está contido nos custos das passagens.

PARECE QUE TODOS (NOTEM, PARECE...) estão envolvidos com as tais oitivas do caso Verdurama. Parece que, para eles, essa é a única coisa que interessa no momento, na história da cidade.

POR ISSO, NÃO QUEREM INCOMODAR os freqüentadores dos bares infratores do artigo de uma Lei de Zoonoses adaptada para contemplar a situação específica na qual pode ser contida a utilização de espaços públicos.

POR ISSO, DE NADA ADIANTA INVESTIR EM PUBLICIDADE OFICIAL, anunciando as tais rampinhas que buscam promover a ACESSIBILIDADE. Como os edis são FISCAIS DO POVO, fazedores e aprovadores de Leis, deveriam atentar para a necessidade de se manifestarem em defesa do povo e não, apenas, ficarem bocejando em “berço esplêndido”. Aliás, berço que pode ser magnificamente transferido para outras cabeças, talvez mais pensantes e altamente preocupadas com o bem estar da comunidade.

DAQUI A POUCO JÁ ACONTECE o tal recesso parlamentar, tudo se empurra com a pança para o próximo ano, denominado por eles como ELEITORAL (leia-se “de guerra para manutenção do cargo”). Parece não quererem se indispor com parte da população, a parte que pode bater de frente e exigir benesses para se manter no lado capitalista da democracia, em detrimento do livre direito de ir e vir dos cidadãos.

SEM CONTARMOS, também, os oportunistas que se aproveitam de aparentes buracos na lei para darem vazão à promoção de seu nome como pré-candidatos ao cargo titular do Executivo local.

QUEREM UM EXEMPLO? Anotem: Paulo Sérgio Torino, declaradamente pré-candidato do PMDB, se utiliza de espaços comerciais patrocinados pelo SENAI para promover seu nome. Num spot veiculado pela Rádio Metropolitana FM, de Taubaté, o nome do moço aparece em três oportunidades, em anúncio gravado pelo próprio maior interessado.

SEM LEVARMOS EM CONSIDERAÇÃO, uma entrevista feita por Alexandre Villela, do Radar Noticioso da mesma emissora, que abordou o moço do PMDB sobre sua candidatura a prefeito de Pindamonhangaba. O pré candidato confirmou sua intenção de ser o mais votado.

COM ESSA PRÁTICA DE SE UTILIZAR DO ESPAÇO PAGO PELO SENAI, não estaria sendo feita propaganda eleitoral de forma irregular? Com a palavras os entendidos em direito político...

AINDA SOBRE A METROPOLITANA: Silvio Sanzone, diretor da emissora, comentou que a “moça” Myriam Alckmin estaria tentando derrubar o Torino. “Será que ela não vê que se prejudicar o Torino a coisa fica mais fácil para o Vitão e daí começa tudo como era antes?”, disse Sanzone, visivelmente propenso a torcer para o lado de seu anunciante...