CLIQUE E OUÇA RADIO CANAL39

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

MOTOFRETE, ESPECULAÇÕES, DIREITO DO CONSUMIDOR E SUGESTÕES

MOTOFRETE E MOTOTÁXI DEVEM ATENDER REGULAMENTAÇÃO DO CTB – A contar de 04 de agosto de 2011, e num prazo máximo de um ano, motociclistas e seus veículos deverão estar completamente adequados ao artigo 139-A do CTB – Código de Transito Brasileiro, que aborda requisitos mínimos de segurança para condutores e veículos.
Para o transporte remunerado de mercadorias, o chamado "moto frete", deverá ser expedida autorização por órgão ou entidade executiva de trânsito, nos estados e Distrito Federal. Para tanto, o veículo deverá estar registrado na categoria de aluguel, ter instalado protetor de motor “mata-cachorro” e o aparador de linha “corta pipa”, (antena).
O veículo ainda deverá ter dispositivo de cargas regulamentado pelo Contran e passar por vistorias semestrais.
O transporte de garrafões de água e botijões de gás de cozinha só poderá ser feito desde que a motocicleta tenha instalado o conjunto denominado “sidecar” (carrinho lateral), também conforme determina o Contran.

TINTAS TÊM PRAZO DE VALIDADE – Comprei, em uma conhecida loja de tintas de Pindamonhangaba, dois baldes de tinta vinil acrílica cujo preço era promocional. Ao entregarem o produto, em minha residência, verifiquei que um dos baldes continha etiqueta identificando o prazo de validade do produto: 02/2010. Entrei em contato com o fornecedor e o mesmo, via telefone, disse que “as tintas não são como alimentos. Podem ser usadas muito tempo depois do vencimento”. Argumentei sobre essa inverdade e o mesmo se prontificou em efetuar a troca. Troca feita, por produto dentro da validade, o dono do estabelecimento retornou com o balde vencido à pilha de tintas postas à venda. Nessa pilha de baldes, produtos vencidos em 2006 e 2007. Será que isso tem o benefício da “lei de Gerson”?

ESPECULAÇÕES – Os “manobristas políticos” de plantão já deram a largada para as especulações a respeito das eleições municipais. Em Pindamonhangaba, por exemplo, desfiam uma lista de virtuais candidatos ao cargo máximo do poder Executivo. De início, um médico, um diretor de escola, a senhora vice-prefeita, um veterano "atleta" político do partido do governador. Consta, até, outra representante do sexo feminino e um “Sky surfer” passearem pelas opiniões dos “especialistas”. A tradição de uma velada pesquisa para escola de informática já acontece na cidade. Dela, podem ser extraídos endereços para o mailing de um incansável oponente do atual prefeito. Um dos itens da pesquisa: “o que você acha do sistema de transporte coletivo da cidade?”.

SUGESTÃO – Quem avalia as fotos do palco utilizado para sediar o Festival de Música Sertaneja, promovido pelo Departamento de Cultura de Pindamonhangaba, verifica que o mesmo poderia ter alguma identificação visual do evento, em vez daquela lona preta que complicava, até, a vida dos fotógrafos. Sugeri ao prefeito João Ribeiro a elaboração de um “banner” contendo a marca de sua administração e alguma inscrição a respeito do departamento responsável pelo evento. Comentei, também, com a diretora de Cultura, Nilza Mayer. Em Jacareí, por exemplo, o festival sertanejo tem fundo de palco decorado com um painel contendo a ilustração de dois violões ou violas...

DICA DE ATRAÇÃO – Para diretores de clubes, empresas e festeiros em geral. No estilo sertanejo e country sugiro a Banda Faroeste, que tem como líderes o casal Priscila e Luizinho Gaúcho. A moça sabe dar o recado, cantando e animando a galera. Luizinho faz o mesmo e, ainda, detona com sua sanfona Roland e seu teclado digital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário