CLIQUE E OUÇA RADIO CANAL39

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

AGENDA VELHA, APOSENTADORIA E SAUDADE

VAMOS MATAR SAUDADE – Por conta de incentivar a cultura popular, mantendo alguns saudosos hábitos de criança, o Departamento de Cultura de Pindamonhangaba realiza, no dia 28 de agosto, uma corrida de carrinhos de rolimãs.
O local escolhido foi a Ladeira do Bosque, ao lado do Museu Histórico e Pedagógico D. Pedro I e Dona Leopoldina.
O evento acontece a partir das 16h.
Particularmente acho muito tarde esse horário, já que as noites ainda chegam rapidamente.
Entretanto, muitos garotos dos seus 60 anos de idade (ou mais) devem comparecer para assistir, incentivar netos ou bisnetos e matar saudades dos tempos quando a gente lanhava joelhos, cotovelos, canelas e outras partes do corpo na disputa de um primeiro lugar no pódio da corrida de rolimãs.
Em Guaratinguetá a tradição da corrida de rolimãs tem o incentivo de uma escola de engenharia e os participantes desenvolvem, inclusive, carrinhos construídos com estrutura tubular.
A emoção, em Guaratinguetá, além da descida em alta velocidade, a pista – se for a mesma até agora- tem o formato de um “S”, o que pode levar muita gente a “dar de cara” com muros das residências existentes no percurso.
Comentei sobre evento na Ladeira do Bosque, com meu vizinho Roberto, e o mesmo “viajou” nas escadas da saudade e até disse que fazia carrinhos de rolimã com sistema de frenagem com alavancas e volante com cordinhas amarradas nas extremidades do eixo dianteiro. “Eita” saudade boa!
O carrinho de rolimã é o irmão mais velho do skate.

PARA QUEM VAI SE APOSENTAR – Uma dica: se o candidato à aposentadoria junto ao INSS tiver todos os documentos necessários, principalmente a Carteira Profissional, como é mais conhecido o documento que contém os registros de tempo de serviço do todo cidadão brasileiro que tem sua profissão regida pela CLT, basta acessar o site da Previdência Social e agendar horário e data para requerer seu benefício. Normalmente, se todos os documentos estiverem “em dia”, o benefício é concedido imediatamente. Com o devido respeito aos profissionais da área, essa dica vale para quem está pensando em procurar um advogado. Agora, para casos que demandem documentos como comprovantes de insalubridade ou periculosidade, que contribuem para um benefício diferenciado, recomendo contar com a orientação de um especialista em leis trabalhistas. Inclusive dos profissionais que atendem em sindicatos de classe. O que não vale é “ir na conversa” dos oportunistas que não têm formação para tal e estão de olho no dinheiro fácil.

PANFLETOS COM ERROS – É de se elogiar o trabalho de alguns empreendedores que, para se manterem, desenvolvem folhetos denominados “Guia de Oportunidades”, “Roteiro dos Bairros”, “Guia de Negócios”, etc. Folhetos, ou panfletos contendo publicidade de comércio e serviços segmentados por bairros ou regiões da cidade. Idéia “bem sacada”, nenhuma novidade, mas que tem custo baixo, para aqueles que consideram publicidade como despesa, em vez de ver essa ação como investimento.
Observei, recentemente, um desses recursos de mídia, impresso em verde sobre branco, contendo diversos erros de redação e digitação. Por falta de revisão. Inclusive a palavra “Administração”, que saiu grafada “Adinistração”.
Para quem anuncia nesses veículos, recomendável é investirem no que servirá como referencia de bons serviços ou produtos. Do contrário, a publicidade será motivo de críticas e o produtor, culpado pela não revisão, ganha “dindin” “no boi”.

AGENDA VELHA – Tenho uma agenda velha e, no rodapé de cada página, consta uma mensagem para reflexão. Uma delas é essa “A melhor maneira de melhorar o padrão de vida está em melhorar o padrão de pensamento”. Vale a pena pensar nisso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário