CLIQUE E OUÇA RADIO CANAL39

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Elevadores "doentes" das Lojas CEM

Há meses temos observado a falta de cumprimento da Lei de Acessibilidade, cuja regulamentação se deu pelo Decreto Lei 5296 de 02 de dezembro de 2004, por parte das unidades das Lojas Cem.

Pelo menos das cidades de Pindamonhangaba e Taubaté.

Em Pinda, até reformaram o elevador, instalando melhores equipamentos para funcionamento do mesmo.
Entretanto, o que se observa, em qualquer uma das duas lojas, um frio aviso, informando que as máquinas estão em manutenção.

Na loja de Taubaté, uma das vendedoras (da qual nos permitimos preservar o nome) afirmou que o elevador estava com uma peça quebrada e precisava ser trocada. "Como vem "de fora" (importada) vai demorar um pouco", disse a moça.

Na loja de Pinda, um dos vendedores disse que não sabia detalhes, mas "uma placa queimou" e o elevador está parado por causa disso.

Já outro vendedor, de passagem, afirmou que deverás ser feito um "recall" em todos os elevadores instalados nas lojas da rede CEM.

Parece, então, que todas as unidades onde exista um elevador, o mesmo deverá estar com algum "probleminha" para não funcionar...

O engraçado é que, mesmo com esse probleminha, a rede está focada, pelo jeito, pura e tão somente no faturamento. Não há um remanejamento de pessoal para atender idosos, portadores de necessidades especiais, senhoras com criança de colo e outras que não conseguem, com a mesma agilidade dos vendedores, ganhar o segundo pavimento da loja utilizando-se da escada. Aliás, uma imensa escada...

O risco de quedas é iminente, pois os degraus são confeccionados em granito e, a um simples escorregão, teremos pacientes para ortopedistas, fisioterapeutas e, até, funerárias.

Acho que já passou da hora de se dar melhor atendimento aos clientes. Afinal, qualquer ação depois da venda se consolida, infelizmente, no piso superior: crediário e caixa.

Sem contarmos que os sanitários também estão lá por cima. Água e cafezinho, se o cliente desejar, também exigem escalada da escada.

Grande parte dos clientes das Lojas Cem são idosos (aposentados) que buscam conforto de produtos novos, a bons preços. Ao preferirem a rede de lojas, acreditam nessa possibilidade, mas são desrespeitados   quanto ao direito à acessibilidade.

Vamos somar nosso desejo de melhor qualidade de vida para todos?
Que tal reivindicarmos, via email às Lojas CEM a agilidade na solução dessa situação?
Se acharem interessante, o formulário do "Fale Conosco" está neste endereço:
http://www.lojascem.com.br/sitenew/Contato.aspx
Finalizando, um vídeo para reflexão (primeira parte).
A segunda parte é um merchandising muito bem produzido, o qual não editamos por respeito aos direitos autorais e pela real demonstração de consciência dos autores e patrocionadores quanto à necessidade de todos darem sua contribuição pessoal à melhor qualidade de vida dos brasileiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário